1 de fevereiro de 2019

Como começar a poupar com a Regra 50-30-20


Quando publiquei sobre as minhas metas para 2019 referi que queria começar a organizar as minhas poupanças de acordo com a regra 50-30-20. Na altura, algumas pessoas que lêm aqui o blogue questionaram-me sobre em que é que consistia esta regra. É precisamente dela que venho falar nesta publicação.

Desde que comecei a trabalhar que sempre tive o cuidado de organizar os meus gastos de maneira a sobrar sempre dinheiro ao final do mês. O quanto sobrava dependia muitos dos meses, sendo que há meses em que existem gastos que nem sempre esperamos - por exemplo uma avaria no carro ou uma compra que precisa mesmo ser feita. Neste ano de 2019 tomei a decisão de que queria que todos os meses me sobrasse a mesma quantia fixa de dinheiro e foi então que encontrei a regra 50-30-20.

Como funciona a Regra 50-30-20?
Existem 3 tipos de despesas diferentes que devem ser consideradas:
  • Necessidades (50%): De acordo com a regra, 50% do rendimento líquido deve ser reservado para gastos essenciais, e dos quais não podemos mesmo escapar: renda de casa (ou prestação do empréstimo), contas de água, luz, etc., alimentação...
  • Desejos (30%): Aqui entram todos os gastos com coisas relacionadas com o estilo de vida que temos: esteticista, ginásio, cabeleireiro, restaurante, etc. Basicamente entra tudo aquilo que no fundo poderiamos viver sem.
  • Poupança (20%): Este vai corresponder ao valor que vamos deixar quieto, que poderá servir para uma emergência ou para algum investimento futuro.
Obviamente esta regra poderá ser adaptada para outras percentagens, dependendo de quanto querem poupar e de quantas despesas essenciais vocês tenham. No mês de Janeiro fiz uma regra de 45-35-20 e consegui cumprir o valor limite para cada percentagem (até me sobrou dinheiro nas Necessidades e nos Desejos que agreguei no fim à Poupança). Claro que vão existir meses em que prevejo poupar muito mais, nomeadamente nos meses em que recebo os subsídios de Férias e de Natal (regra geral nunca toco nesse dinheiro).

Para quem é um pouco desorganizado, pode ser difícil começar com um método destes para organizar as suas finanças. Deixo-vos algumas dicas:

Dicas para Começar:
  • 1. Comecem por organizar as vossas contas nas 3 categorias definidas na regra.
  • 2. Após o primeiro passo, vejam que despesas têm que podem ser melhoradas. Por exemplo, imaginem que na categoria de Desejos se apercebem que estão a gastar demasiado em roupa... se calhar é tempo de repensar este gasto.
  • Organizem as vossas despesas numa folha de cálculo. Eu já faço isso há algum tempo e super recomendo, já que me auxilia demais a perceber onde estou a gastar o meu dinheiro.
Nem sempre é fácil evitar compras por impulso ou ter uma boa gestão financeira, mas com foco e disciplina isso é possível. Pensem sempre que não sabem o dia de amanhã, e o dinheiro que poupam hoje poderá fazer-vos muita falta no futuro.
A minha opinião é, se vos for possível, tenham ao menos uma poupança que vos permita viver 1 ano sem trabalhar e a manter o mesmo nível de vida que têm. Se conseguirem esse valor poupado, de certeza irão evitar dores de cabeça futuras.

Abaixo disponibilizo-vos de maneira gratuita uma folha de cálculo igual à que uso para organizar as minhas finanças. Penso que é bastante intuitiva e é sem dúvida uma boa aliada à vossa organização. Espero que gostem dela.


Como começar a poupar com a Regra 50-30-20 - Pinterest

Sem comentários:

Enviar um comentário