14 de maio de 2020

Londres: O que Visitei (Parte 1/2)


Quando planeamos visitar Londres, decidimos logo a priori que iríamos fazer tudo a pé. Já tinha lido alguns guias e todos diziam que apesar de os transportes públicos serem fáceis de apanhar e de existirem vários horários, nada se comparava à experiência de fazer todos os percursos a pé. E posso-vos garantir que é verdade. Vimos muitas coisas que provavelmente não iríamos ver se tivéssemos utilizado os transportes. Antes de vos mostrar o nosso percurso quis fazer esta adenda porque neste guia não irei falar sobre como fazer o Oyster Card e outras informações do género, já que não o utilizamos.

Dia 1

Percurso de Avião/Carro: Aeroporto Francisco Sá Carneiro - Aeroporto Stanstead - ABC Hyde Park Hotel

Para viajarmos entre o Aeroporto de Stanstead e o hotel em Londres, optamos por chamar um Uber por uma questão de conforto e de não nos termos que preocupar com horários nem em tirar bilhetes. Já sabiamos que ia ser mais caro mas mesmo assim preferimos este meio. Pagamos 91£ pela viagem, que demorou aproximadamente 1h45. O trânsito de Londres é caótico, a qualquer hora do dia. Ficamos hospedados no ABC Hyde Park Hotel, sobre o qual já escrevi uma publicação com mais informações e fotografias.
No dia em que chegamos estava a chover muito, e como já passava das 16h, optamos por ir apenas ao Micky's Fish and Chips comer qualquer coisa e depois passarmos pelo Tesco mais próximo para comprar uns snacks e voltamos para o Hotel para descansar.

Viagem a Londres: Aeroporto Francisco Sá Carneiro - Aeroporto Stanstead - ABC Hyde Park Hotel

Dia 2

Percurso a Pé (total 16,5 Km): ABC Hyde Park Hotel - Hyde Park - Buckingham Palace - Westminster Abbey - Tower of London - ABC Hyde Park Hotel

Viagem a Londres: Mapa do dia 2
Mapa de todo o percurso

Saímos do Hotel às 8h38 e fomos em direção ao Palácio de Buckingham, passando pelo Hyde Park, um parque muito bonito, que aconselho a visitarem. No Palácio apenas tiramos algumas fotos ao pé dos portões e seguimos viagem, não ficamos para ver a troca da guarda porque não achamos que valesse a pena.

Hyde Park
Hyde Park

Palácio de Buckingham
Palácio de Buckingham

Após isto, seguimos para a Abadia de Westminster. Os bilhetes, comprados online, eram 22£/pessoa. Demoramos sensivelmente 2h para ver tudo. Só é permitido fotografar na zona do Claustro. Aconselho a visita e acho que valeu muito a pena. Apenas me arrependi de uma coisa: na entrada sugerem-vos que usem os auriculares da visita guiada. Eu achei que não valia a pena mas depois a meio arrependi-me.

Abadia de Westminster
Abadia de Westminster
Após a visita na Abadia, seguimos para a Torre de Londres, o sítio mais afastado de toda a nossa viagem. Se não gostam de caminhar, então aconselho a que apanhem um transporte. Nós fomos a pé até lá e achamos que, apesar de cansativo, valeu a pena porque o percurso ao longo do Rio Tamisa é muito bonito. O bilhete para a Torre de Londres foi o mais caro de toda a viagem (31,80£/pessoa) mas achei o preço justo porque a Torre tem mesmo muita coisa para ver. Se forem lá, planeiem pelo menos 3 horas. O espaço é enorme e para apreciarem tudo sem correr é o tempo que vão precisar. Gostei particularmente da Jewel House, o sítio onde estão as jóias da Rainha.

Rio Tamisa
Rio Tamisa
Torre de Londres
Torre de Londres

Dia 3

Percurso a Pé (total 11,2 Km): ABC Hyde Park Hotel - Madame Tussauds Museum - Regent's Park - The Cartoon Museum - British Museum - ABC Hyde Park Hotel

Viagem a Londres: Mapa do dia 3
Mapa de todo o percurso

Neste dia saímos do Hotel às 9h15 e fomos em direção ao Museu Madame Tussauds. Como estava uma fila um pouco grande, compramos os bilhetes fast track, que ficaram a 45£/pessoa. O museu é engraçado, as estátuas são giras mas...sinceramente? Esperava muito mais pelo preço. O museu está sempre muito cheio então existem espaços onde mal se consegue tirar uma foto sem que apareçam 20 mil pessoas atrás. A parte que mais gostei foi do comboio que tem lá dentro e que vos leva por uma espécie de viagem no tempo.

Museu Madame Tussauds
Museu Madame Tussauds

Após o Madame Tussauds decidimos passar pelo Regent's Park para ver os Queen Mary's Rose Gardens. Gostei muito deste parque mas realmente o Inverno não é a melhor altura para o visitar, já que não existem flores. Mesmo assim é um sítio muito agradável para se passar um tempo. Encontramos imensos patos e esquilos, muito fofos.

Regent's Park
Regent's Park

Descansamos bastante no parque e seguimos para o The Cartoon Museum, um museu de caricaturas e histórias em quadrinhos. A entrada foi barata, 8,50£/pessoa e o museu tem bastante que ver. Achei as caricaturas e as histórias muito engraçadas e passei sem dúvida um bom tempo por lá.

The Cartoon Museum
The Cartoon Museum

Para terminar o nosso dia de visitas, passamos o resto da tarde no Museu Britânico. A entrada é gratuita (existem algumas exposições que são a pagar mas estão bem sinalizadas) e estivemos lá quase 3 horas e mesmo assim não vimos tudo. Tinhamos lido que o melhor a fazer era selecionar quais as exposições que queriamos mesmo ver e foi o que fizemos: vimos toda a secção de Ancient Egypt, depois Ancient Greece and Rome e por fim Europe. Vale muito a pena visitar este museu, é algo inacreditável.

Museu Britânico
Museu Britânico

Sem comentários:

Publicar um comentário